domingo, 20 de setembro de 2015

Moon, Love, Stay...



   Sem necessidade de ser a primeira vez, todos os dias a lua nasce.

Sem necessidade de ser única, todos os dias se repete diferente. 

Não há necessidade de provar que a lua existe, Por que ela sempre está lá e isso é real.

Quando percebê-la, a lua estará lá só para você.
A lua, apenas e seja como for, é real e torna-se essencial!
Sua única necessidade, é todo dia, ser percebida para tocar-nos, condicionando-nos a admirar a beleza que a compõe e isso é real.
Tantos passam pela noite, sem admirará-la, mesmo sabendo que ela está lá. Com um pouco de sorte, para estes, será apenas uma noite nublada. 


 Sem necessidade de pódio, o amor chega.
Sem numerais, o amor cresce.
Sem preocupar-se em não se repetir, o amor se faz novo.
O amor supera a condição humana egocêntrica e suas dificuldades, por amor.


Nossa única necessidade de amor, é reconhecê-lo, aceitá-lo e apropriar-nos da capacidade e da benção de poder senti-lo. Tantos passam a vida sem conhecer o amor. Alguns sabem que está em algum lugar no coração de alguém e nem todos saberão como alcançá-lo.


 Não importa se mais uma vez, se mais de uma vez, se uma última vez... 

Quando o amor alcançar você, não se preocupe tanto em fazê-lo mais importante e único.
Não perca tempo comparando ou medindo a força e tamanho desse amor.
AME, PELO AMOR DE AMAR  E SER AMADO e, simples assim, torne-o real a cada dia,
        stay... stay...       

  Ser real é ser existencial, amor é reciprocidade.
   Ser importante, ser provado, é apenas questão de ego.

       Boa noite! E se você ficar, apague a lua....



                                 






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecer é um hábito saudável para quem sabe viver e fazer do agradecimento uma forma de conservar a amizade e conquistar novos amigos!
Obrigada por sua visita e por seu cometário. Volte sempre!