sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Illusion-Delusion

 Entrou na minha vida tão rápido, como um raio que corta o céu e o chão, é o deslumbramento.
 Quando o conheci vivi os dias mais saborosos. Tudo tornou-se tão abundante.
 Os dias passavam suaves como os cantos dos pássaros, e as noites sentia a paixão nos invadir.
 Quando podemos parar, não queremos. E isto torna-se um dos mais profundos segredos do êxtase. E cresce o mais alto que a alma pode alcançar e a mente pode esconder.
 Carrego seu coração dentro do meu. Desde que descobrimos a 'cola' que grudou tudo num lugar perfeito, onde não há nada a nosso favor, mas tudo se completa.
 Sempre fiz tudo com a melhor das intenções. Mas, coisas acontecem e vão passando, e tudo é tão mais confuso quando se está apaixonado. Agora que é preciso parar, eu não consigo. Mas, não importa mais minha necessidade, meus desejos.
 Pois, anjos de tempestades descem e soam seus trovões dando a sentença. Me afogando na chuva que não cessam em meus olhos, fazendo lama na minha alegria. Esmagada pelo ar que me falta no peito. Formou-se os ventos que levaram o riso farto...
 Olho minhas mãos trêmulas. Sinto abstinência de você, sequelas do vício da felicidade de te amar.
 Nem é ruim o tempo de esperar. Por outro lado, a ansiedade que resta, é um trabalho em tempo integral.
 Temos o livre arbítrio, e temos também a predestinação. Ou, simplesmente, não acertamos o que escolher??
 Mas, se um dia, houver uma segunda chance, vou me lembrar de como ela pode ser tênue e única.

10 comentários:

  1. ...gostei do texto, da música, e principalmente do título...lindo...ah...mas, na vida tudo se ajeita...quando vc menos esperar, as coisas acontecem...
    Beijos e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  2. uturos Amantes
    Chico Buarque
    Não se afobe, não
    Que nada é pra já
    O amor não tem pressa
    Ele pode esperar em silêncio
    Num fundo de armário
    Na posta-restante
    Milênios, milênios
    No ar
    E quem sabe, então
    O Rio será
    Alguma cidade submersa
    Os escafandristas virão
    Explorar sua casa
    Seu quarto, suas coisas
    Sua alma, desvãos
    Sábios em vão
    Tentarão decifrar
    O eco de antigas palavras
    Fragmentos de cartas, poemas
    Mentiras, retratos
    Vestígios de estranha civilização
    Não se afobe, não
    Que nada é pra já
    Amores serão sempre amáveis
    Futuros amantes, quiçá
    Se amarão sem saber
    Com o amor que eu um dia
    Deixei pra você

    ResponderExcluir
  3. o que foi uma vez, sera novamente, sob novas roupas, diferente, crescido e maduro, por isso a esperança nao deve morrer.
    adorei ... beijos

    ResponderExcluir
  4. Amiga....lindo texto!!!
    Amei a colocação sobre ilusões e desilusões...mas o tempo nos revela algo muito maior e que com nossos olhos voltados para o hj não conseguem entender....amo vc!!!
    Parabénssss!!!
    Bjssss

    ResponderExcluir
  5. Nossa moça bonita,
    Cada vinda aqui é uma explosão de sentimentos.
    Vou citar Quintana para tua abstinência...

    Somos donos de nossos atos,
    mas não donos de nossos sentimentos;
    Somos culpados pelo que fazemos,
    mas não somos culpados pelo que sentimos;
    Podemos prometer atos,
    mas não podemos prometer sentimentos...
    Atos sao pássaros engailoados,
    sentimentos são passaros em vôo.

    E para cada Voo, um poema de amor.
    Lindo texto Mila.

    Beijos meus

    ResponderExcluir
  6. Ao que me parece é uma confissão amoroso, talvez dolorosa, algo poesia. E fica uma espécie de nostalgia e o vazio torna-se uma abstinência. E isso pode ser perigoso. Que bom que verteste em lírica o que lhe vai no ser.

    Abraço

    ResponderExcluir
  7. Oi Mila, Sabe lendo o seu texto, é tão suave sentir que suas palavras querem dizer, é uma porção de sentimentos verdadeiros que explode em seu coração. Acredito que com um sentimento tão lindo assim, a sua cara metade sinta tão intensidade quanto você, eu vou torcer para que o destino estenda a mão mais uma vez para vocês dois.

    Tudo Perfeito!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. muito massa vc é muito criativa Emilia bjos pra vc. vc devia ser escritora ia fazer sucesso.

    ResponderExcluir
  9. MILA,

    FELIZ TUDO PARA VOCÊ, NATAL, PASSAGEM DE ANO E QUE JESUS CRISTO DERRAME SOBRE VOCÊ MUITA LUZ,SAÚDE, PAZ E FELICIDADE.

    DO SEU AMIGO VIRTUAL, PAULO TAMBURRO.

    ResponderExcluir

Agradecer é um hábito saudável para quem sabe viver e fazer do agradecimento uma forma de conservar a amizade e conquistar novos amigos!
Obrigada por sua visita e por seu cometário. Volte sempre!